7 de ago de 2009

Menor infrator no STF

Os menores infratores de Brasília, quem diria, podem acabar no Supremo Tribunal Federal. O secretário de Justiça, Alirio Neto (foto) e o presidente do Supremo, Gilmar Mendes, acertaram os detalhes para um convênio que pretendem assinar ainda em agosto. O objetivo é aproveitar os adolescentes infratores do Sistema Socioeducativo no Distrito Federal em estágio no STF. Conforme o secretário, a iniciativa vai permitir que os adolescentes do sistema – Caje ou Ciago são os centros de internação mais conhecidos – tenham uma profissão e, ainda, possam se aperfeiçoar quando do final de suas medidas. “O estágio será remunerado e para participar, o adolescente deve ter bons resultados escolares e comportamentais", avisou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário