31 de jul de 2009

A decisão é do P.O

Nas últimas semanas, o governador José Roberto Arruda (DEM) tem dito que o vice-governador Paulo Octávio (DEM) será o primeiro a escolher a posição na chapa eleitoral de 2010. O motivo é claro: Arruda tenta transferir ao vice a responsabilidade de DESFAZER ou MANTER o acordo fechado nas eleições de 2006, segundo o qual Paulo Octávio seria o candidato ao governo nas eleições seguintes. Paulo Octávio vai acabar lançando Arruda candidato à reeleição.

Roriz na propaganda do PMDB

Em meio à discussão sobre a intervenção no PMDB do Distrito Federal, o ex-governador Joaquim Roriz gravou inserções do partido que vão ao ar a partir de sábado. A direção do PMDB-DF enviou, por escrito, um convite para que Roriz gravasse a propaganda. Foi uma demonstração ao comando nacional de que o partido não está negando espaço para o ex-governador -- e dessa forma, não haveria motivos para dissolver o diretório e entregar o comando do PMDB para Roriz. Na gravação, Roriz garantiu que o PMDB terá candidato próprio ao governo do Distrito Federal.

Prosa e Poesia é tema de concurso para alunos da Educação Integral


Estão abertas as inscrições para o 1º Concurso de Prosa e Poesia da Educação Integral. Alunos de 5ª a 8ª série inseridos no programa de Educação Integral podem participar. O objetivo é revelar novos talentos infanto-juvenis da rede pública de ensino e faz parte das ações afirmativas de promoção e acesso à arte e cultura. Os candidatos podem concorrer com um texto de até 30 linhas na modalidade prosa e poesia.
Inscrições
As inscrições estão abertas de 03 a 10 de agosto de 2009 com o tema Ainda é possível recuperar a beleza natural de meu planeta?.
Os trabalhos devem ser entregues nas secretarias das escolas participantes na própria ficha de inscrição em via original, redigida a caneta esferográfica preta ou azul, com limite máximo de 30 linhas. As escolas participantes terão a data limite de 10 de agosto para entregar junto a Secretaria de Educação Integral os trabalhos dos inscritos.
Premiação
Serão premiados o 1º e 2º lugar de cada série, tanto na prosa quanto na poesia. O 1º lugar em ambas as modalidades receberá um notebook, um vale compras em livros no valor de R$ 200,00 (duzentos reais) e um título de capitalização de R$ 300,00 (trezentos reais). O 2º lugar será premiado com um vale compras de R$ 150,00 (cento e cinquenta reais) mais um título de capitalização de mesmo valor.
Resultado
O resultado será divulgado dia 19 de agosto pelo site http://www.educacaointegral.df.gov.br/. A premiação acontece no dia 22 de agosto, às 20h, no Centro de Convenções Ulisses Guimarães. Os vencedores apresentarão seus textos e logo após a cantora Adriana Calcanhoto fará um show.
A Secretaria de Educação Integral se reserva ao direito de divulgar, reproduzir ou publicar os trabalhos dos alunos vencedores.

30 de jul de 2009

PELÉ EM BRASÍLIA NO DIA DAS CRIANÇAS

Santos, Brasília, Suécia. Pelé e Niemeyer. Tudo interligado. O arquiteto está no momento debruçado no projeto do monumento em homenagem ao jogador. Ele será construído em Santos (SP), cidade do time onde o rei do futebol despontou a carreira. Corrigindo - a cidade natal de Pelé é Três Corações (MG). Pelé estará em Brasília em 12 de outubro para inaugurar a Vila Olímpica de Samambaia, cuja pedra inaugural ele lançou aqui, há mais de 1 ano. E a embaixada da Suécia, já sabendo que Pelé virá e do projeto, está interessada em levar o projeto para seu governo para também construir o mesmo monumento no seu maior estádio de futebol.

29 de jul de 2009

Campanha para conselheiro

Enquanto na política todo mundo está tendo de esperar até outubro, quando se definirão as filiações partidárias, para articular suas alianças, na disputa pela vaga do Tribunal de Contas do DF as campanhas andam a mil.
Além da democrata Eliana Pedrosa (foto), nome dado como favorito ao cargo, outros nomes estão em discussão. O deputado distrital Roney Nemer (PMDB) seria um dos cotados. O nome do peemedebista é bem-vindo entre os distritais, mas sofre restrições no Buritinga. Principalmente porque o governador José Roberto Arruda tem candidato explícito: seu chefe de gabinete, Domingos Lamoglia. O nome do aliado do governador, no entanto, não tem apelo entre os parlamentares - por quem acaba passando a decisão final da indicação.
Eliana então acaba sendo mesmo a favorita. Tem apoio dos colegas, com quem já articula há algum tempo. Sua ida para o TCDF, aliás, estaria acertada entre os integrantes de seu grupo (o tal Quarteto Fantástico) desde as discussões para eleição da presidência da Casa, no final do ano passado. Além disso, na Câmara, há quem torça para que ela se torne conselheira para vê-la longe das discussões políticas da Casa. Com informações do Blog da Paola Lima.

Raimundo Ribeiro é do PSDB


O deputado Raimundo Ribeiro (foto) deverá disputar as eleições de 2010 já pela legenda do PSDB. O distrital conversou ontem, mais uma vez, com o presidente do partido no Distrito Federal, o secretário de Obras, Márcio Marchado. Durante o encontro, os dois trataram das obras em Sobradinho, a base eleitoral do deputado, e da filiação de Raimundo Ribeiro ao partido. Muito ligado ao governador José Roberto Arruda, Ribeiro disputou as eleições passadas por um partido nanico, o PSL, obedecendo uma estratégia política traçada juntamente com o chefe. O desempenho da fraca chapa do partido, na soma dos candidatos, garantiu a eleição de Raimundo Ribeiro, mesmo com votação que, em outra legenda, colocaria o candidato apenas em uma suplência. Embora os tucanos falem na possibilidade de que Raimundo Ribeiro dispute uma cadeira de deputado federal, tudo indica que ele concorrerá mesmo à reeleição na Câmara Legislativa. Dos dois deputados que compõem hoje a bancada do PSDB, só Milton Barbosa tentará se reeleger. Jaqueline Roriz pensa em ser deputada federal.

Planalto veta Cristovam


O senador Cristovam Buarque confirma: recebeu informações a respeito de um veto do Palácio do Planalto a coligação que inclua seu nome para o Senado no ano que vem. Para ele, a aliança do PDT com o PT no Distrito Federal seria o rumo natural. Sabe, porém, que o Planalto não aceita a posição assumida por ele em favor de um afastamento do presidente do Senado, José Sarney. Cristovam considera, porém, que não tem como recuar da posição que adotou, nem vê razões para isso. Prefere, portanto, concorrer em chapa independente "ou até abandonar a vida política", avisa.

Cristovam não considera conveniente sua inclusão na chapa do governador José Roberto Arruda. "Até que poderia ser, mas iríamos passar mais tempo explicando as razões disso do que fazendo campanha propriamente dita", diz ele. Cristovam rejeita, porém, as cobranças dos petistas brasilienses a respeito da presença de membros do PDT no governo. "Não há nada de mais em prestarmos ajuda ao governo para a implantação de propostas que coincidem com as nossas, como a educação integral", afirma.

28 de jul de 2009

Rollemberg e Abadia batem papo

O deputado federal Rodrigo Rollemberg (PSB) se encontra nesta terça-feira (28) com a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia (PSDB). O encontro faz parte da série de conversas que o deputado socialista programou para este recesso de julho e que servirão de base para os próximos passos do partido nas negociações para 2010. Na semana passada, Rollemberg almoçou com o ex-governador Joaquim Roriz (PMDB). Com informações do Blog da Paola.

Torcida petista pela candidatura de Roriz


Pode parecer estranho, mas petistas rezam todas as noites para que Joaquim Roriz saia candidato ao GDF no próximo ano. Uma disputa dividida em três grupos, com o governador Arruda concorrendo à reeleição, um candidato do PT e Roriz agrada muito o pessoal que trabalha pela eleição de Agnelo Queiroz. Geraldo Magela também já deixou claro considerar que o cenário lhe favorece. A avaliação de petistas é de que dessa forma não existem favoritos. Qualquer frente pode atingir votos para passar para o segundo turno. A candidatura do senador Gim Argello (PTB) ao GDF, que tira votos de Arruda e de Roriz, favorece ainda mais esse quadro para o PT. Com informações do Blog da Ana Maria Campos.

27 de jul de 2009

Lula destaca importância de democratizar a cultura


O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu hoje a democratização da cultura, em seu programa semanal de rádio Café com o Presidente. Lula afirmou que é extremamente importante a cultura estar ao alcance do povo. O ministro da Cultura, Juca Ferreira, também participou do programa.
Na semana passada o governo enviou um projeto de lei ao Congresso Nacional que cria o Vale-Cultura, com valor nominal de R$ 50. Durante o programa, Lula explicou o objetivo do Vale-Cultura, que é criar possibilidades para que as pessoas mais pobres tenham acesso a atividades culturais, a livros e DVDs.
Juca Ferreira destacou que a iniciativa deve permitir que um número entre 12 e 14 milhões de brasileiros comece a frequentar cinemas, teatros, tenha a possibilidade de comprar CDs, s e livros. Segundo o ministro, o funcionamento é muito simples e muito semelhante ao Vale-Refeição. “Só que em vez de alimentar o estômago vai alimentar o espírito”, disse.
O ministro lamentou que o país viva em um apartheid cultural. “O número de brasileiros que tem acesso à cultura é muito pequeno, nunca chega a 20%. A única exceção é a TV aberta”
Juca Ferreira lembrou que apenas 14% dos brasileiros vão ao cinema uma vez por mês com alguma regularidade, 96% dos brasileiros nunca entraram num museu, 78% da população nunca viram um espetáculo de dança, 93% nunca foram a uma exposição de arte.
“Ou seja, a gente até hoje nesses 500 anos de Brasil, não conseguiu integrar a população brasileira na cultura”.
Lula afirmou que, além de trabalhar, constituir família e cuidar dela, o povo precisa ter acesso à cultura. Para ele, a cultura tem que estar ao alcance de todos e o cidadão que mora na periferia a duas horas de ônibus do centro de uma capital não deveria pagar dois ônibus para ir ao cinema, por exemplo.
“É o cinema que tem que estar mais próximo dele, é o teatro que tem que estar mais próximo dele”.
O presidente deixou claro ainda que esse é apenas o primeiro passo, pois espera se unir aos prefeitos, governadores e empresários para levar atividades culturais à periferia mais “longínqua, onde as pessoas estão, a possibilidade de acesso ao conhecimento cultural”.

PPS com trunfos nas mãos ou nas mangas


Acredita-se no Buritinga que o deputado Augusto Carvalho, do PPS, é o único pré-candidato que tem em suas mãos as fichas necessárias para cacifar a segunda vaga do Senado. Hoje na Secretaria de Saúde, a mais conflagrada de todas, Augusto recebeu um pacote de bondades das mãos do governador José Roberto Arruda. Ganhou recursos, projetos e fórmulas institucionais que lhe abrem caminho para virar o jogo na pasta. Se conseguir um êxito signficativo e se difundir essa imagem, terá condições para pleitear a vaga ao lado de Filippelli. No caso negativo, disputará a reeleição para a Câmara dos Deputados e o PPS poderá contentar-se com uma primeira suplência de senador. Nesse caso, o nome natural seria o de Fernando Antunes(foto), secretário adjunto de Augusto e presidente regional do PPS.

O coringa das eleições de 2010

O deputado Tadeu Filippelli (PMDB-DF) é o coringa das eleições de 2010. Ele pode levar o PMDB para o lado do governador José Roberto Arruda (DEM), para uma aliança com o PT, ou até mesmo retornar aos braços do ex-governador Joaquim Roriz. Na política, não existem mágoas que não sejam cicatrizadas, especialmente de quem já foi aliado político. Filippelli quer ser o vice na chapa de Arruda. Mas pode também ser o vice do PT ou, quem sabe, candidato a senador com o apoio de Roriz. Muita água ainda vai passar debaixo da ponte, com ou sem intervenção nacional no diretório regional do PMDB.

PT e PMDB os preferidos dos brasilienses

Pelo visto, não importam quantas crises os dois partidos tenham enfrentado nos últimos tempos. PT e PMDB dividem na capital federal a preferência do eleitorado. O dado é da pesquisa do Instituto O&P, realizada na última semana de junho com 1.200 pessoas por todo o Distrito Federal. Perguntados sobre qual partido político teria sua simpatia ou preferência na cidade, 26,5% dos entrevistados responderam o PT. Outros 20,4% responderam o PMDB.
As demais siglas da cidade não conseguiram ultrapassar os 10% de citações. O PSDB, da ex-governadora Maria de Lourdes Abadia, foi lembrado por 8,8% das pessoas ouvidas. O Democratas, partido do governador José Roberto Arruda, ficou com apenas 5,8%. Já PDT, PCdoB e PSB alcançaram os 3%.
Quase metade dos entrevistados, porém, disseram não ter preferência por nenhum partido - 42,2% disseram não simpatizar com nenhuma legenda e 0,7% disseram gostar de todos por igual.

24 de jul de 2009

Na Memória

Quando participava do evento da compra de 40 novos vagões para o metrô brasiliense ontem, em São Paulo, na fábrica da Alston, o governador José Roberto Arruda (foto) lembrou ao presidente Luiz Inácio Lula da Silva que há exatos 20 anos ele estava ali, naquele mesmo local, acompanhando o então governador Joaquim Roriz, na compra dos 80 primeiros carros.

Do Palácio do Buriti para Águas Lindas de Goiás

A tucana Maria de Lourdes Abadia já foi deputada distrital, deputada federal constituinte, vice-governadora e governadora do Distrito Federal e só não foi para o segundo turno na disputa à reeleição em 2006 por cinco mil votos. Agora, segundo reportagem da Lilian Tahan no Correio, ela está pensando em concorrer à prefeitura de Águas Lindas de Goiás, município do Entorno. Isto é, se ela não se eleger Deputada Federal ou Senadora é claro.

23 de jul de 2009

Arruda no aerolula


O governador José Roberto Arruda e o presidente Lula terão no mínimo três horas para conversar hoje. A convite do presidente, os dois irão juntos a São Paulo, no Aerolula, para a solenidade em que o BNDES concederá empréstimo de R$ 260 milhões para o Governo do Distrito Federal executar a expansão e a modernização da frota do metrô brasiliense. No total, o metrô receberá um investimento de R$ 325 milhões. O contrato será assinado, na sede da empresa fabricante dos trens, a Alstom, em São Paulo. Lula e Arruda embarcam às 8h.

PDT mantém candidatura

Uma reunião da executiva regional do PDT na noite de quarta-feira (22) decidiu pela consolidação da chapa majoritária avulsa do partido nas eleições de 2010 no Distrito Federal. O partido terá candidato próprio ao governo e ao Senado. Os nomes devem ser, respectivamente, o do distrital José Antônio Reguffe e do senador Cristovam Buarque.
A decisão foi tomada depois de o PDT ter recebido alguns recados do PT, recriminando a postura de Cristovam dentro do Senado - o senador tem feito duras críticas ao presidente da Casa, José Sarney (PMDB), envolvido em uma série de denúncias de irregularidades na gestão do Legislativo. Ao tomar partido da moralização da Casa, Cristovam sabia que deixaria para trás uma possível aliança com o PT-DF em 2010. Dito e feito. Os petistas avisaram que, dessa forma, não será possível apoiá-lo em sua campanha pela reeleição.
A situação do senador, no entanto, ainda é confortável. Tem o apoio do presidente nacional do PDT, Carlos Lupi, que aprova suas críticas a Sarney. Lupi chegou a conversar com o presidente Lula para explicar que os pedetistas não vão defender o peemedebista, adversário histórico da legenda. Além disso, Cristovam conta também com o bom desempenho nas pesquisas. A mais recente, feita pelo Instituto O&P, apontou o pedetista à frente da disputa ao Senado, seja em uma chapa com o PT, seja em uma candidatura avulsa.

22 de jul de 2009

Saúde em primeiro lugar

O médico Agnelo Queiroz (PT) confidenciou a alguns interlocutores que gostaria de ter em sua chapa como vice o médico Jofran Frejat (PR). A saúde seria o carro-chefe da campanha. Tá precisando melhorar!!!!

21 de jul de 2009

Quarteto Fantástico

Os deputados Brunelli, Rôney Nemer, Leonardo Prudente e Eliana Pedrosa estão sendo chamados de Quarteto Fantástico no meio político, pela capacidade de articulação. Como diz reportagem do Correio, eles não são super-heróis, mas sabem que juntos têm poderes especiais para conseguirem seus objetivos. Nos últimos meses, o plano de maior sucesso da bancada informal foi eleger Prudente presidente da Câmara. A próxima meta é colocar um integrante do grupo no Tribunal de Contas do Distrito Federal.

Bolsa Universitária convoca bolsistas para renovação

Nos dias 21 e 22 de Julho, bolsistas contemplados pelo programa Bolsa Universitária com 100% de isenção deverão renovar contrato, das 9h às 18h, no auditório da Escola de Governo, localizado próximo ao Palácio do Buriti.
Os contemplados deverão levar documentos pessoais e atentar-se para o cronograma abaixo. O não comparecimento poderá comprometer o benefício.
Os bolsistas que recebem 100% de isenção nas mensalidades das faculdades particulares do DF atuam como monitores nas escolas com Educação Integral. Atualmente, são 200 escolas e mais de 50 mil alunos atendidos.
Informações: Bolsa Universitária – 3328-3640

20 de jul de 2009

A corrida ao Senado


A chapa ao Senado é o grande nó da composição política que o governador José Roberto Arruda (DEM) terá de desatar para chegar forte na campanha de 2010, como mostrou reportagem do Correio.

Por enquanto, Arruda trata o assunto como proibido no seu grupo político. Mas a data final para as mudanças partidárias - 03 de outubro - vai revelar algumas definições. Quem não se sentir contemplado analisará as vantagens de mudar de legenda. Ilustração: Kácio.

Cristovam pede a Sarney que envie a Lula relatório de atividades do Senado

O senador Cristovam Buarque (PDT-DF) sugeriu ao presidente do Senado, José Sarney, que envie ao presidente da República, Luiz Inácio Lula da Silva, o documento com o balanço das atividades do Senado neste primeiro semestre, apresentado há pouco pelo presidente da Casa, em Plenário. Cristovam disse que esse ato é importante em razão das palavras de Lula, que se referiu aos senadores da oposição como pizzaiolos.
- Creio que alguém precisa dizer a Lula que ele não pode dizer assim sobre o Congresso. E creio que ninguém melhor do que o presidente do Congresso para fazê-lo - disse Cristovam. Para o senador do DF, as palavras de Lula fazem com que o Congresso chegue às crianças e aos jovens como uma instituição tratada jocosamente.
Em resposta a Cristovam, Sarney disse que mandará uma cópia do relatório ao presidente da República e que, logo que estiver com ele, repassará as preocupações do senador.

Marina Silva é aplaudida de pé ao convocar juventude a lutar pelo meio ambiente

A senadora e ex-ministra do Meio Ambiente, Marina Silva (PT-AC), foi aplaudida de pé hoje (17), por uma plateia de cerca de 300 pessoas, no 51º Congresso Nacional da União Nacional dos Estudantes (Conune), depois de ter conclamado a juventude a participar da construção de um novo modelo de desenvolvimento sustentável. Ao final de sua palestra, os participantes gritavam “Marina guerreira, exemplo para a juventude e referência brasileira”.
Marina disse aos estudantes que acredita no poder de transformação da juventude porque ela “não é pragmática”. “Não será fácil reduzir as emissões de gás carbônico para evitar o aquecimento global. Mas se os jovens fossem pragmáticos não acredito que seria possível derrubar o regime militar”, comparou.
Ela defendeu que a “raiz para todas as crises”, seja a econômica ou a ambiental, está no atual do modelo de desenvolvimento. Para construir um novo formato, Marina apontou para a necessidade de valorizar os saberes tradicionais, especialmente os dos povos indígenas.
A senadora e outros participantes do debate, como o deputado estadual Eron Bezerra (PcdoB-AM), pediram que a próxima Caravana da UNE discuta os problemas do meio ambiente e encerre sua jornada na Amazônia. A caravana visitou, no ano passado, 41 instituições de ensino superior das 27 unidades da federação do país, em quatro meses de percurso. Os debates foram focados em temas ligados à saúde, educação e cultura.
Os estudantes que compareceram à palestra aproveitaram para falar de suas ideias para preservar o meio ambiente. Alguns defenderam que o próximo Conune utilize apenas papéis reciclados no material do congresso. Outros estudantes do Norte do país chamaram a atenção para a difícil situação que enfrentam os ribeirinhos nas épocas de cheia.
Marina pediu ao público que se mobilize pela não aprovação do novo Código Florestal. O projeto proposto pelos parlamentares da Comissão de Agricultura prevê várias mudanças na atual legislação e diminui a autonomia da União nas questões ambientais.
“Peço que o Congresso da UNE aprove uma moção contra o desmonte da legislação ambiental. O que a bancada ruralista está propondo vai acabar com toda a política ambiental brasileira construída nos últimos anos”. A senadora defende que seja mantida a atual legislação.
O Conune termina no próximo domingo (19) com a eleição da nova diretoria da entidade. Cerca de 10 mil universitários estão em Brasília participando do evento. Amanhã (18), eles vão promover um ato pelos 50 anos da Revolução Cubana. As atividades estão sendo realizadas na Universidade de Brasília (UnB).

16 de jul de 2009

GDF instaura comissão executiva para o aniversário de 50 anos de Brasília


O Governo do Distrito Federal instaurou nesta quinta-feira (16) a comissão executiva que coordenará os trabalhos para a festa dos 50 anos de Brasília. A partir de agora, toda ação relacionada ao cinquentenário passará pelo crivo do grupo, composto por sete integrantes e presidido pelo vice-governador Paulo Octávio.No primeiro encontro, Paulo Octávio pediu empenho de todos para que a festa do próximo ano seja a maior que o Brasil já viu. Segundo ele, nove meses é tempo suficiente para se fazer um belo evento na Esplanada dos Ministérios. "O calendário prévio será apresentado nos próximos 20 dias. A partir daí é arregaçar as mangas e trabalhar para que a capital tenha sua maior festa desde a inauguração, em 1960”, disse.Algumas ideias para o cinquentenário foram discutidas de imediato. A expectativa é que o lançamento oficial das comemorações da data histórica seja feito em 12 de setembro, data alusiva ao nascimento do presidente Juscelino Kubitschek. O governo prepara, para isso, uma série de inaugurações de obras e eventos culturais em todas as cidades do DF.
O ex-deputado federal Roberto Brant, membro da comissão, sugeriu para 2010, a realização do Fórum Social Mundial em Brasília. Seriam discutidas formas de desenvolvimento sustentável, além de novas ideias que levem à igualdade social. “Temos tudo para sediar esse evento. Brasília é a cidade ideal para se discutir novas possibilidades”, defendeu Brant. Outra proposta trata de exposições sobre Brasília nas embaixadas brasileiras no exterior. Isso seria feito meses antes da festa com o objetivo de atrair turistas para a capital.
Outra comissão, de caráter consultivo, está sendo formada e será presidida pelo governador José Roberto Arruda. Ela contará com 50 nomes de pessoas representantes de classes e entidades e servirá de apoio ao trabalho da comissão executiva. A ideia é realizar um primeiro encontro desses notáveis já na próxima semana.

15 de jul de 2009

Deputado do castelo é absolvido


O deputado Nazareno Fonteles (PT-PI) renunciou hoje à vaga que ocupava no Conselho de Ética da Câmara, em protesto contra a absolvição do deputado Edmar Moreira (sem partido-MG) da acusação de mau uso da verba indenizatória. Fonteles chegou a relatar o processo contra "o dono do castelo", como ficou conhecido Edmar, e pedir a cassação do mandato do parlamentar. "Voto a favor da cassação é estranho. Como se usa tanto a retórica para tapar o sol com peneira. Essa decisão pesa para imagem do Conselho desta Casa. Comunico, portanto, que vou renunciar", avisou.O Conselho aprovou hoje, por 9 votos a 3, o relatório do deputado Sérgio Brito (PDT-BA), que recomendava o arquivamento do processo disciplinar contra Edmar. Segundo Brito, o uso de verba indenizatória para o pagamento de serviços prestados por empresas de sua própria família só foi proibido a partir de 7 de abril deste ano. O relator considerou, então, que, até a publicação da portaria, o procedimento não era considerado infração pela Câmara. Edmar ficou conhecido por ter um castelo, avaliado em R$ 25 milhões, na zona da mata mineira. O imóvel está registrado em nome de dois de seus filhos. Como diria Boris Casoy - Isto é uma vergonha.

Disputa na Polícia Civil

A rivalidade entre José Roberto Arruda e Joaquim Roriz pode se repetir na Polícia Civil do Distrito Federal, com a disputa entre o atual diretor da Polícia Civil, Cleber Monteiro (foto), e o ex-chefe da instituição Laerte Bessa pela representação dos policiais na Câmara dos Deputados.

13 de jul de 2009

ESTEFÃNIA NÃO VAI DISPUTAR TERCEIRO MANDATO NA OAB-DF

Decisão tomada. A atual presidente regional da OAB-DF, Estefânia Viveiros, não vai pegar carona na onda do terceiro mandato que já passou pelas seccionais de São Paulo, Ceará e Amapá. Por lá, os atuais presidentes vão disputar novamente a eleição para o cargo. Aqui, no DF, o candidato da situação será Ibaneis Rocha Barros Júnior (foto), que está na vice-presidência da OAB-DF. Estefânia contou ao Blog que sai na chapa como candidata ao Conselho Federal. Em breve, entrevista exclusiva na Revista No Grau.

PT rumo ao senado

Cresce dentro do PT, em especial na sua ala esquerda, a tese de que o partido deve lançar ao menos um candidato ao Senado pelo Distrito Federal. Essa idéia é defendida pelo deputado distrital Paulo Tadeu (foto), nome que mais cresce dentro das correntes dessa ala. Para Paulo Tadeu, o partido não deve ceder as duas vagas para candidatos de fora, posição que hoje prevalece no comando regional. Os nomes mais citados são Cristovam Buarque, do PDT, Rodrigo Rollemberg, do PSB, Jofran Frejat, hoje no PR, e Adelmir Santana, que pode deixar o DEM caso se abra uma janela partidária.

Veja

O governador Arruda está nas páginas amarelas da revista Veja desta semana. O título da entrevista é: "Ele deu a volta por cima". http://www.veja.com.br/

9 de jul de 2009

Conversa secreta

A conversa ao pé do ouvido entre o governador José Roberto Arruda (DEM) e o deputado Rodrigo Rollemberg (PSB) chamou a atenção de quem acompanhou a inauguração do centro de inclusão digital no PAD-DF, em Planaltina.
Na sua opinião, sobre o que eles conversavam?
a) O Botafogo, time do coração dos dois políticos, vice-lanterna do campeonato brasileiro;
b) O programa de inclusão digital;
c) O afastamento de Cristovam Buarque do PT por conta dos ataques ao presidente do Senado, José Sarney;
d) O aniversário de 50 anos de Rodrigo Rollemberg no próximo domingo;
e) A possibilidade de o senador Gim Argello virar ministro das Comunicações em substituição a Hélio Costa que vinha logo atrás;
f) O pedido de intervenção nacional no PMDB-DF para favorecer a candidatura de Roriz;
g) Nenhuma das anteriores.
Com informações do blog da Ana Maria Campos. Foto: Iano Andrade.

A insistência de Magela

O deputado federal Geraldo Magela lança hoje à noite, oficialmente, sua campanha pela candidatura petista a governador do Distrito Federal. Reunirá a militância em manifestação que procurará contestar a direção regional do PT. Conta com um mote, resumido na frase todo mundo sabe que quem manda no PT é a militância e não sua direção. E conta também com um trunfo, a gravação em que o deputado Arlindo Chinaglia, ex-presidente da Câmara, manifesta apoio a seu nome. Espera com isso contrabalançar a posição do presidente nacional do partido, Ricardo Berzoini, que se inclina pelo adversário Agnelo Queiroz. Magela tá insistindo de mais, quando Agnelo abriu mão da candidatura ao GDF, deveria ter aproveitado a oportunidade. Isso parece coisa de menino buchudo.

8 de jul de 2009

Congresso da UNE começa na próxima semana na UnB


Com a realização do Congresso da União Nacional dos Estudantes (UNE), a UnB vai receber nomes de peso da política e das artes no Brasil. Serão realizadas cerca de 30 mesas de debates, que trarão nove ministros de Estado, entre eles Dilma Roussef. As discussões vão acontecer nas salas do Minhocão, de manhã e à tarde, em um único dia, na sexta-feira 17 de julho.
No debate sobre “Projeto de desenvolvimento nacional e crise mundial”, estarão presentes a ministra da Casa Civil, Dilma Roussef, e mais dois ex-candidatos à Presidência da República: Ciro Gomes e Heloísa Helena. Já a mesa “América Latina e integração sul-sul” será composta pelo chanceler Celso Amorim e os embaixadores da Bolívia, Equador, Venezuela e Cuba. Os ministros da Justiça, Saúde, Meio Ambiente, Ciência e Tecnologia, Esportes e Direitos Humanos também vão comparecer ao congresso.
Durante o encontro, a democratização dos meios de comunicação também será tema de debates. A mesa redonda que discutirá o assunto contará com a presença dos jornalistas Mino Carta e Rodrigo Viana. Para falar de cultura, foram convidados o ministro Juca Ferreira, o cineasta Eduardo Coutinho e os atores Paulo Betti e José de Abreu. Os professores Paul Singer e Márcio Pochmann falarão sobre juventude e trabalho.
“Procuramos temas e convidados que estão próximos à UNE e ao movimento estudantil, e buscam lutas justas para ampliar e desenvolver a educação superior", justifica Angélica Dias responsável, junto com Cássia Gomes, pela programação do congresso. "Queremos debater e criar uma construção coletiva para os assuntos que estão no programa”, explica.
O Congresso da UNE (Conune) é o fórum máximo de debates e deliberações do movimento estudantil, e se consolidou como a maior e mais representativa atividade política da juventude brasileira organizada. A abertura do congresso acontecerá na Câmara dos Deputados, em uma sessão solene às 10h do dia 15 de julho.
No dia 16, ocorrerá o primeiro Encontro Nacional dos Estudantes do Prouni com a presença do presidente Lula, às 11h, no Centro de Convenções Ulysses Guimarães. À tarde, haverá uma manifestação na Esplanada dos Ministérios com outros movimentos sociais em defesa do petróleo e Petrobrás.
A partir de quinta-feira, 16 de julho, os estudantes poderão participar dos shows marcados para as 22h.
16 de julho - Teatro de Arena - Móveis Coloniais /Leci Brandão
17 de julho - Camping Show - Edson Gomes /Banda Fora de Si
18 de julho - Prainha da Asbac - Chimaruts /Pé de Cerrado.
UnB Agência

Roriz tá na lista


Antes de viajar, o vice-governador Paulo Octávio deixou uma missão para sua equipe: combinou com o governador Arruda que iria organizar o comitê consultivo dos 50 anos de Brasília. A idéia é que a comissão, que discutirá os festejos do próximo 21 de abril, dê o que falar. Serão convidados 50 notáveis de diversos setores, incluindo pioneiros, universidades, iniciativa privada, representantes da indústria, comércio e serviços, além de membros do Executivo, Legislativo, Judiciário, Ministério Público, Iphan, líderes católicos e evangélicos e a imprensa. Para completar, virá um convite de Paulo Octávio aos ex-governadores, incluindo Joaquim Roriz. Será?

Começaram as pesquisas

Essa é da edição desta quarta-feira (8), do Jornal de Brasília:
Pesquisa do Instituto Global, com mil entrevistas feitas na semana passada, traz o atual governador José Roberto Arruda à frente da disputa ao GDF com o ex-governador Joaquim Roriz (PMDB) em seguida. Em terceiro lugar, estariam, tecnicametne empatados, o senador Gim Argello (PTB), com 1,2%, e os petistas Agnelo Queiroz (1,4%) e Geraldo Magela (1,7%). O resultado na pesquisa estimulada, manteria o empate em terceiro lugar, mas com índices maiores de intenção de voto: Agnelo com 8,9% e Gim com 7,5%.
Na corrida para o Senado, nas perguntas espontâneas, o resultado teria sido completamente indefinido: 94,8% dos entrevistados ainda não sabem em quem votar. Para deputado federal a indefinição chegaria a 90,9% e para distrital, a 92,6%.
Apesar da campanha já ter ido às ruas, por essa pesquisa, o eleitor ainda nem pensou no assunto.Segundo turnoAinda na pesquisa da Global, o governador José Roberto Arruda vence em todos os cenários montados para o segundo turno. Ganharia de Agnelo Queiroz, Joaquim Roriz e Gim Argello.

7 de jul de 2009

Colocando o trem nos trilhos


O governador José Roberto Arruda desembarcou em Brasília disposto a garantir, a todo vapor, a construção do trem urbano, o Veículo Leve sobre Trilhos. Um de seus primeiros telefonemas, na manhã de ontem, teve como alvo o secretário do Planejamento, Ricardo Penna. Cobrou pressa nas medidas burocráticas para viabilizar a assinatura do financiamento durante a visita do presidente francês Nicolas Sarkozy ao Brasil, em setembro. Arruda quer tudo pronto não só para a primeira etapa do projeto, a ligação do Aeroporto Internacional Juscelino Kubitschek ao Eixo Monumental pela W3 Sul, como também para a segunda etapa, que ligará a Torre de Televisão à praça dos Três Poderes. Na conversa, assegurou a Penna que as negociações para o financiamento da segunda etapa também estão adiantadíssimas. Assim que os acordos forem assinados as obras começam.

6 de jul de 2009

PPS elege nova executiva


O PPS - Partido Popular Socialista do Distrito Federal, realizou no sábado (04), seu 16º congresso regional. Esteve presente no evento o presidente nacional do partido Roberto Freire, que deu uma aula sobre a história política do nosso País. Freire aproveitou para criticar o Presidente Lula, dizendo que ele está deixando o governo sem uma marca, enquanto o ex-presidente Fernando Henrique Cardoso deixou o Real. O Governador em exercício Paulo Octávio, foi representando o Governador Arruda que está na França. Paulo Octávio agradeceu o PPS/DF por fazer parte do Governo e colaborar para a melhoria da qualidade de vida dos brasilienses. O Cientista Politico Antonio Augusto de Queiroz, mas conhecido como Toninho do Diap, fez uma explanação sobre a conjuntura política e as eleições de 2010. Salientou que com a entrada de Roriz na corrida pelo GDF, a disputa vai ficar mais acirrada, mas que o Governador Arruda leva uma certa vantagem por ter o controle do Governo em suas mãos. O PPS elegeu sua executiva, e Fernando Antunes foi reconduzido ao cargo de presidente, tendo como vices, o Deputado e Secretário de Justiça Alírio Neto, Deputado e Secretário de Saúde Augusto Carvalho e Elaine Marinho. O Deputado Distrital Claudio Abrantes foi eleito Secretário Geral e Téia Lira, tesoureira.

3 de jul de 2009

A briga dentro do PMDB esquentou


A disputa entre Joaquim Roriz e Tadeu Filippelli pelo comando do PMDB é o assunto mais importante do momento na política local.

A disputa está pegando fogo e Roriz busca aliados no PMDB de Goiás para derrotar Filippelli e assumir o controle do partido em Brasília.

Essa briga pode acabar se estendendo para os interesses de Goiás, com Roriz e Íris Rezende de um lado e Filippelli de outro, com apoio do governador José Roberto Arruda e o senador Marconi Perillo (PSDB). Veja abaixo a carta que o Diretório Regional de Goiás enviou ao Diretório Nacional.

PMDB de Goiás defende Roriz


O presidente do PMDB de Goiás, Adib Elias, ex-prefeito de Catalão, está distribuindo uma nota em que defende a intervenção no PMDB-DF para tirar de Tadeu Filippelli o poder e entregá-lo a Joaquim Roriz.

O texto é duro e reflete o clima de guerra que se instalou no PMDB por conta do apoio do partido em Brasília ao governador José Roberto Arruda (DEM).

Veja a nota:
"Os fatos que motivam o pedido de intervenção no diretório e comissão executiva do nosso partido no Distrito Federal sem dúvida alguma falam por si e se revestem de suma gravidade.

Realmente é impensável que o PMDB daquela unidade, tendo um candidato natural a governador com a qualificação, tradição e história que tem Joaquim Roriz, venha a ser entregue, num bandeja, ao governador José Arruda, seu pior adversário.

E isso, em troca de cargos e outros favores, abastardando o sentido da nossa luta, e subtraindo do povo e da militância peemedebista a oportunidade de eleger um governador do partido no Distrito Federal.

Sabemos que tais fatos já ocorreram no passado, em outras seções regionais, e mais recentemente, em 2006, no próprio Distrito Federal. Mas sabemos também que em todos os casos, a direção nacional agiu com firmeza, restaurando a dignidade do nosso PMDB.

Não veja o ilustre companheiro, nesta carta, intromissão indébita do PMDB goiano nos assuntos internos do partido no Distrito Federal. Mas sim que estamos interpretando uma preocupação quase angustiante e unânime do nosso diretório, tendo em vista que mais de 550 mil eleitores de Goiás estão no Entorno de Brasília, e naquela área Joaquim Roriz é a grande referência desse eleitorado goiano que tanto se identifica com Brasília.

Portanto, nos sentimos com legitimidade para dizer ao ilustre membro da Executiva Nacional que de sua firme e imediata decisão estarão sendo preservados os reais interesses do partido, garantindo-se na eleição de dois governadores peemedebistas: o de Goiás, cujo nome com certeza estará oficializado em convenção, e de Joaquim Roriz no Distrito Federal, pessoa por quem Goiás nutre apreço extraordinário.

Finalmente, é deplorável constatar uma vez mais, que sempre existirão aqueles que fazem tábula rasa de uma verdade milenar, repercutida no brado de advertência do papa João Paulo II: 'Para cada Judas, há sempre uma figueira à beira do caminho'."

Atenciosamente,

Adib Elias Júnior

GDF comete crime ambiental


Desde quando as obras de duplicação da via DF079 e da construção da ciclovia nas quadras 3 e 4 do Park Way o GDF coleciona atitudes de desrespeito ao contribuinte brasiliense. As obras da ciclovia estão desordenadas. “Elas obedeceram um projeto decidido pelo órgão”, afirma o superintendente de obras do DER, Roberto Leda. Mas o que se vê é algo totalmente diferente: a ciclovia passa próxima a pista principal e em alguns lotes, ha cerca de 1 metro do portão. “A ciclovia dá volta no percurso e chega quase a entrar na minha residência”, afirma o aposentado Deusderid de Sousa. “Já contatei todos os responsáveis pela obra e eles afirmam que nada podem fazer. Sou eu enquanto cidadão que tenho que arcar com os prejuízos da falta de segurança pela pista passar rente ao meu portão de acesso”, completa. Crime ambiental - A empresa responsável pela obra arranca as plantas nativas do cerrado e jogam sem qualquer preocupação com o meio ambiente. É o que aconteceu com dois moradores: Milton Miura que teve suas palmeiras de 27 anos arrancadas; e, Deusderid de Sousa, que além das palmeiras de 20 anos de idade, teve arrancados os ipês, árvore nativa da região e de proteção ambiental. Os responsáveis pela obra no GDF, Roberto Leda e Fábio Cardoso, engenheiro responsável, foram procurados e se negaram a prestar quaisquer conhecimentos, afirmando que a terra é pública e os moradores nada têm a reclamar. “Pagamos IPTU com valor altíssimo e temos que suportar tal falta de respeito com o cidadão como esta”, afirma o morador do Park Way.
Serviço: Morador Park Way Deusderid de Sousa – 35522764 -91137969

2 de jul de 2009

Calendário pronto para eleição

O Tribunal Superior Eleitoral definiu o calendários das eleições de 2010. A votação do primeiro turno para escolha dos novos presidente da República, governadores, senadores, além de deputados federais, estaduais e distritais será no dia 3 de outubro. O segundo turno será no dia 31.
A data definida como prazo para troca de partido então será o dia 3 de outubro deste ano. Até este dia, todos os partidos políticos devem estar devidamente registrados no TSE. Também até esta data, os candidatos devem estar corretamente filiados ao partido pelo qual pretendem disputar as eleições.
A partir de 1º de janeiro de 2010, pesquisas eleitorais ficam obrigadas a serem registradas na Justiça Eleitoral. Já as convenções para escolhas de candidatos devem acontecer entre 10 e 30 de junho. Os candidatos deverão ser registrados até 5 de julho do próximo ano.
No dia seguinte, 6 de julho, fica liberada a propaganda eleitoral. Mas só no dia 17 de agosto começa a veiculação da propaganda gratuita em rádio e televisão.
Já para os eleitores, o prazo é 5 de maio. Quem não possuir o título até lá não poderá votar.Esse também é o prazo para transferências de domicílio.
Tudo anotado? Agora é só começar a contar os dias…e pesquisar a vida dos candidatos.

1 de jul de 2009

Deputados entram em férias


Os distritais pretendem aproveitar de maneira diferente o período de recesso. Para o deputado Leonardo Prudente (DEM), o período será para descanso e se reunir com as bases. "Tirarei 15 dias de férias, e me reunirei com as bases. Quem usar o tempo apenas como férias terá menos chance de ser reeleger nas próximas eleições." comentou.
Prudente comentou ainda sobre os trabalhos do primeiro semestre do ano. " Nesse semestre votamos mais de 70 projetos de lei entre eles 31 do poder executivo e 39 do legislativo. Aprovamos projetos importantes como o passe livre estudantil, a regularização de terrenos de igrejas e o plano de saúde para todos os servidores do GDF" comemorou.
Já José Antônio Reguffe (PDT), pretende utilizar o período sem atividade na Câmara Legislativa para prestar contas. "Vou prestar contas aos meus eleitores nesse período. No próximo semestre vou tentar aprovar um projeto de lei que reduz de 75 para 30 dias, os recessos parlamentares, 20 dias no final do ano e 10 no mês de julho".
A líder do governo na Câmara, Eurides Brito (PMDB) disse que os principais projetos já foram votados, ou ficarão para o segundo semestre. "Tudo que era urgente já foi votado, exceto os vetos do governador ao Plano de Ordenamento Territorial do DF (PDOT), que ficarão para o para o 2º semestre".
A líder lamentou apenas o atraso no início da sessão de hoje. Os trabalhos deveriam começar às 15h, mas iniciaram com duas horas de atraso. "Muitos colegas por saber que a sessão de hoje avançaria pela madrugada preferiram resolver outras coisas antes de vir pra cá, isso atrasou muito o começo dos trabalhos".
A respeito da quantidade de projetos enviados pelo executivo aos distritais ela disse não haver excessos. "Não há imposições, a palavra final é sempre da Câmara". Ela admitiu que o executivo tem reclamado pelo excesso de emendas mas disse não haver desgaste com o governo. "Não há desarmonia, cada poder é harmônico e independente" concluiu.