4 de ago de 2009

Prudente convoca prima - será que é nepotismo ou favorecimento?

A arquiteta Denise Prudente de Fontes Silveira passou há três anos no concurso da Câmara Legislativa para trabalhar como consultora legislativa na área de Desenvolvimento Urbano. Só agora, no entanto, na gestão do primo Leonardo Prudente (DEM), presidente da Casa, ela terá oportunidade de assumir o cargo. A urbanista está entre os 32 novos servidores convocados por ato do deputado distrital publicado no Diário oficial da última quarta-feira, com salário inicial de R$ 9,5 mil. O edital do concurso, de outubro de 2005, previa o preenchimento de três vagas para a área de Desenvolvimento Urbano. Denise Prudente foi a quinta colocada. Não se pode dizer que ela seja uma novata na Câmara. Denise Prudente já foi funcionária comissionada por indicação do primo e também atuou em funções importantes no Governo do Distrito Federal. Foi subsecretária de Desenvolvimento Urbano e Meio Ambiente e trabalhou como gerente de Projetos Especiais da Codhab (Companhia de Desenvolvimento Habitacional de Brasília), por indicação do deputado distrital. Ela foi o braço direito de Prudente durante a fase de discussão do Pdot. "Denise é uma técnica competente, respeitada por todos os deputados e que passou muito bem no concurso. Na legislatura passada, ajudou bastante muita gente, como a Arlete (Sampaio, do PT)", justificou Prudente. Com informações do blog da Ana Maria Campos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário