3 de dez de 2009

Tucanos querem debandada geral


Não adiantou a exoneração do presidente do PSDB,, Márcio Machado, da Secretaria de Obras na tarde desta quarta-feira. A ala do partido ligada à ex-governadora Maria de Lourdes Abadia pediu uma reunião nesta noite para exigir que os tucanos que ainda permanecem no governo deixem seus cargos. Um deles seria o secretário de Governo, José Humberto Pires, recém-filiado à legenda e aliado dos mais próximos do governador José Roberto Arruda.
Update: Na reunião do PSDB foi dado o prazo de 24 horas para que todos os tucanos entreguem seus cargos no GDF. Nesta quarta-feira, além de Márcio Machado, José Humberto Pires, secretário de Governo, e Valdivino de Oliveira, secretário de Fazenda, também deixaram seus cargos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário