13 de jan de 2010

Quebra de sigilos


O ministro Fernando Gonçalves, do STJ, concedeu pedido do Ministério Público Federal de quebra de sigilos bancário e fiscal do governador José Roberto Arruda e outras seis pessoas, além de seis empresas que prestam serviço ao governo e duas entidades.
Veja quem são:
Governador José Roberto Arruda
Conselheiro Domingos Lamoglia
Fábio Simão (ex-chefe de gabinete)
Omézio Pontes (ex-assessor de imprensa)
José Luiz Vieira Valente (ex-secretária de Educação)
Deputada Eurides Brito (PMDB)
Deputado Leonardo Prudente (presidente da Câmara Legislativa)
Gibrail Gebrim (assessor da secretaria de Educação)

Empresas:
Adler, Vertax, Info Educacional, Uni Repro, Linknet, CTIS

Entidades:
Associação Brasiliense dos Amigos do Arruda no Distrito Federal e Instituto Fraterna

Nota da assessoria de imprensa do governador:
Com relação à decisão do STJ de quebrar o sigilo bancário e fiscal do Governador José Roberto Arruda informamos que:

O Governador José Roberto Arruda não foi notificado sobre a quebra do sigilo bancário e fiscal, mas reafirma que desde o inicio do processo colocou a disposição da justiça todas essas informações.


André Duda
Assessor de Imprensa do Governador

Nenhum comentário:

Postar um comentário