11 de fev de 2010

STJ decreta prisão de Arruda

O Superior Tribunal de Justiça acaba de decretar a prisão do governador do Distrito Federal, José Roberto Arruda, e de mais quatro auxiliares e aliados: o secretário de Comunicação Wellington Moraes, o diretor de Operações da estatal de energia CEB, do assessor pessoal e sobrinho Rodrigo Arantes e do ex-deputado Geraldo Naves. Um quinto envolvido já está detido: Antônio Bento, conselheiro do Metrô-DF. A prisão estava descartada, mas o STJ reavaliou melhor as provas colhidas pela Policia Federal no caso da tentativa de suborno do jornalista Edson Sombra, para mudar seu testemunho no caso Caixa de Pandora. O STJ está reunido neste momento em sessão extraordinária, e o clima é tenso. Todos são acusados de tentativa de obstruir a instrução criminal por meio de suborno a testemunha para mudar seu depoimento.

Nenhum comentário:

Postar um comentário