5 de mai de 2010

Declaração de Érika Kokay acaba em bate-boca

As últimas denúncias feitas por Durval Barbosa na Comissão de Ética da Casa, na semana passada surtiram efeito explosivo ontem no plenário da Câmara Legislativa. O clima exaltado entre os parlamentares impediu qualquer tipo de votação, inclusive a da indicação do procurador Inácio Magalhães para a vaga do Tribunal de Contas do DF. Eurides e Naves chamaram Érika de “mentirosa”. Eles negaram as acusações de recebimento de propina feitas por Durval, criticaram o vazamento do conteúdo do relato para a imprensa e colocaram em xeque a maneira com que a petista conduz a investigação.

Nenhum comentário:

Postar um comentário