12 de jul de 2010

TRE já recebeu 13 pedidos de impugnação de candidatos


Neste fim de semana, o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) divulgou uma lista de pedidos de impugnação de candidaturas para as eleições de 2010. Segundo o órgão, até domingo (11/7), 13 foram registrados. A expectativa do orgão é de que a lista aumente nesta segunda-feira (12/7) por ser dia de semana e, também, porque o prazo para os pedidos termina amanhã (13/7). Apesar dos 13 registros, apenas oito pedidos de impugnação já foram divulgados na relação do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). De acordo com a assessoria do TRE-DF, o fato acontece porque o Tribunal tem trabalhado em regime de plantão e como algumas impugnações foram registradas no fim de semana, isso pode ter atrasado a atualização no site do TSE. Os processos tem até o dia 5 de agosto para serem julgados. Mas devem ser analisados antes, já que essa data é o prazo final.PedidosDois candidatos ao governo do Distrito Federal estão entre aqueles que podem ter a campanha impugnada. São eles: Joaquim Domingos Roriz e Rodrigo de Souza Dantas. O primeiro é acusado de incidir em uma das causas de inegibilidade prevista na lei conhecida como Ficha Limpa. Já Dantas, é acusado de ter sido afastado fora do prazo legal de seus serviços, que é de três meses de acordo com a Lei Complementar 64/90.Cinco pedidos de impugnação para candidatos ao cargo de deputado distrital também foram registrados no TRE-DF, são eles Benício Tavares (PMDB), Antônio Ricardo Martins Guillen (PSTU), Wilson Lima (PR), Aguinaldo Lelis (PP) e Cristiano Araújo (PTB). Os três últimos pedidos ainda não constam na lista do TSE.Outros políticos também correm o risco de ter a candidatura impugnada, são eles Silvio Soares Filho (PSTU), que concorre ao cargo de deputado federal; Robson Raymundo da Silva (PSTU), senador; José Antonio dos Santos (PSTU), 2º suplente de senador; Nixon Brasil Lima (PTN), 2º suplente de senador; e Weber Magalhães (PSDB), deputado federal. Destes apenas o pedido contra Weber Magalhães ainda não consta no Tribunal Superior Eleitoral. Com informações do CorrioWeb.

Nenhum comentário:

Postar um comentário