2 de ago de 2010

Fraga rompe aliança

Confira as principais declarações dadas pelo deputado federal Alberto Fraga (DEM) ao Correio Braziliense, rompendo de uma vez com o ex-governador Joaquim Roriz (PSC):


“Fraga afirma que não concorda com a campanha de Roriz porque o ex-governador estaria propondo a volta da ilegalidade. “Não tenho ido aos comícios porque discordo radicalmente das coisas que o (ex) governador vem prometendo. Por exemplo, a volta das vans, das invasões. Estou ouvindo promessas de loteamento até em áreas de preservação ambiental, a volta dos camelôs no centro de Ceilândia, o fim da padronização dos táxis”, afirmou. “Não sou o candidato da bagunça”, acrescentou. Nos últimos dias, o rompimento foi sendo construído aos poucos.Roriz passou a se sentir constrangido com a presença de Fraga em eventos públicos por causa da reação de parte de sua base que não aprova a aliança. Durante a semana, o ex-governador conversou com integrantes do DEM sobre uma possível troca do candidato do partido ao Senado. Uma possibilidade seria substituir Fraga pelo senador Adelmir Santana (DEM-DF), que concorrerá a uma vaga de deputado federal. Fraga, no entanto, tem força nacional, com o apoio do presidente do DEM, Rodrigo Maia (RJ), para permanecer no páreo. O ex-secretário de Transportes soube da movimentação e diz acreditar que Roriz pede votos apenas para a outra candidata ao Senado, a ex-governadora Maria de Lourdes Abadia (PSDB). “Isso é uma traição”, afirmou. ”



O rompimento atinge também o deputado federal Laerte Bessa (PSC). Nesta campanha, Bessa e Fraga faziam uma dobradinha “policial” para conquistar os eleitores. A estratégia era, principalmente, transferir votos de Fraga como deputado para a reeleição do colega. No comício de sábado, com a crise instaurada, Bessa foi autor do discurso mais acalorado no Recanto das Emas. Tratou como “bandidos” os integrantes do governo anterior.
No calor do comício, Bessa não escapou da gafe. Em meio as críticas ao governo anterior nem percebeu que bem ao seu lado estava o democrata Roberto Giffoni, ex-secretário da Ordem Pública e ex-corregedor da gestão José Roberto Arruda. Giffoni é candidato a deputado federal na coligação rorizista. Fraga diz que continuará fazendo campanha de forma independente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário