28 de mar de 2011

Jaqueline vai dar explicações hoje, 24 dias depois da divulgação de vídeo

O primeiro passo oficial de Jaqueline Roriz (PMN) na tentativa de segurar o mandato parlamentar será dado nesta segunda-feira (28/3). A defesa da deputada federal se programa para apresentar argumentos formais à Corregedoria da Casa e ao Conselho de Ética, que aguardam as explicações da política flagrada ao lado do marido, Manoel Neto, recebendo dinheiro das mãos de Durval Barbosa. Duas questões vão constar nesta primeira investida da defesa: a tentativa de provar que a Câmara estaria atropelando o regimento para acelerar o processo contra Jaqueline e a suposta falta de competência da Casa para tratar do vídeo gravado em 2006.
A defesa de Jaqueline trabalha com dois cenários. O melhor deles se ela conseguir justificar o afastamento por motivos de saúde. Assim, na visão de advogados e assessores, a deputada ganharia mais tempo para se preparar. Consideram positivo o período em que esteve afastada. Nesse prazo, outras denúncias surgiram envolvendo personagens importantes no cenário da política local, o que, confiam, ajudou a desviar o foco de atenção até então voltado apenas para Jaqueline. Se a deputada não conseguir adiar o seu retorno, então voltará. Mas será orientada a não falar, exceto por meio dos advogados. Na próxima terça-feira, o grupo de crise montado para lidar com o escândalo de Jaqueline vai se reunir para definir qual dos dois caminhos seguir.
Com informações do correioweb.

Nenhum comentário:

Postar um comentário