24 de fev de 2010

Supremo adia julgamento de HC de Arruda


Análise em plenário estava marcada para esta quinta-feira (25). Pedido foi feito pelo advogado do governador afastado, Nélio Machado.


O ministro Marco Aurélio Mello adiou nesta quarta-feira (24) o julgamento do pedido de habeas corpus do governador afastado do Distrito Federal, José Roberto Arruda (sem partido, ex-DEM). O pedido havia sido feito pelo advogado de Arruda, Nélio Machado. O julgamento estava previsto para esta quinta-feira (25).

Em entrevista no STF, Nélio Machado disse que fez o pedido diante de “fatos novos” que surgiram no caso. Questionado quais seriam esses fatos, ele não foi específico. O advogado destacou, porém, que pede que Arruda seja ouvido pelas autoridades antes de o habeas corpus ser julgado pelo Supremo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário