21 de jul de 2010

Roriz entrega ao TRE-DF defesa para que não seja impugnado

No último dia de prazo para apresentar defesa, os advogados do ex-governador Joaquim Roriz (PSC) protocolaram ontem no Tribunal Regional Eleitoral (TRE-DF) justificativa contra as duas ações de Impugnação de Registro de Candidatura. O candidato estaria enquadrado no Item K da Lei da Ficha Limpa. Para fundamentar a contestação da renúncia ao mandato de senador – que teria abandonado em 2007 para não ser cassado por quebra de decoro parlamentar –, a defesa alegou a segurança jurídica garantida a ele à época da renúncia, mais a anualidade da lei e a condição de retrocesso – que, segundo a Constituição, não é aplicada para prejudicar o cidadão. Confiante em dar continuidade à candidatura na disputa para o GDF, Roriz tenta desqualificar as hipóteses que o caracterizariam inelegível para pleitear cargo público. Apesar de travar uma batalha judicial, permanece na rua fazendo o corpo a corpo com eleitorado.Depois que seus advogados protocolaram a defesa no Tribunal, Roriz inaugurou dois comitês políticos: um na região administrativa de São Sebastião e outro no Paranoá. Acompanhado dos candidatos que compõem a chapa majoritária da coligação Esperança Renovada, pediu voto para os mais de mil moradores que estavam em São Sebastião. "A construção dessa cidade teve a minha presença, minha participação e minha decisão", relembrou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário