3 de ago de 2010

TRE adia julgamento de impugnação de Abadia


O Tribunal Regional Eleitoral do DF (TRE-DF) decidiu, nesta terça-feira (3), adiar por cinco dias o julgamento do processo de impugnação de Maria de Lourdes Abadia. Os advogados da candidata apresentaram novos documentos para demonstrar que ela está em dia com as obrigações eleitorais. O relator apresentou a documentação ao Ministério Público. Agora, os advogados de Abadia terão cinco dias para manifestarem a defesa da candidata à senadora pela Coligação Esperança Renovada. O pedido para impugnação de Abadia foi ajuizado pelo Ministério Público Eleitoral (MPE) com a alegação de que Abadia não se enquadraria na lei da Ficha Limpa. Quanto à decisão sobre a questão da outra candidata pela coligação, Anna Christina Kubitschek B. Pereira para o cargo de primeira suplente do candidato ao Senado Alberto Fraga (DEM), o TRE-DF votou, por unanimidade, pela impugnação do registro, pois ela não prestou contas relativas à campanha disputada em 2006 para o cargo de senadora. Só lembrando que Anna Christina é mulher do ex-vice governador Paulo Octávio.

Nenhum comentário:

Postar um comentário