8 de dez de 2010

Gim não aguenta pressão e pede pra sair


O senador Gim Argello (PTB-DF) renunciou à relatoria do Orçamento da União de 2011. Ele caiu depois das denúncias do Estado de envolvimento dele com emendas parlamentares para entidades fantasmas e empresas de fachadas em nome de laranjas.

Depois de ceder à pressão Gim encaminhou ao Tribunal de Contas da União e à Procuradoria Geral da União ofícios pedindo a investigação das denúncias veículadas pelo jornal O Estado de São Paulo de irregularidades nas emendas apresentadas ao Orçamento federal. O Senador explica nos documentos que não está envolvido nas supostas fraudes e, para isso, precisa que o caso seja investigado e esclarecido. Desde segunda-feira (6), porém, o Ministério Público junto ao TCU já havia decidido investigar o caso e recomendado aos ministérios envolvidos que abrissem investigação interna para apurar as denúncias.
Em substituição a Gim Argello, a relatoria do Orçamento ficará sob a responsabilidade da senadora Ideli Salvatti (PT-SC).

Nenhum comentário:

Postar um comentário