13 de jun de 2009

Para Lupi, campanha antecipada "aflora disputas internas"


A antecipação da campanha eleitoral pode fragilizar as relações entre governo e partidos da base, disse o ministro do Trabalho, Carlos Lupi (foto), também presidente do PDT."Como administrar dez partidos da base aliada, cada região com um palanque?", questionou, ao chegar a Genebra para conferência anual da OIT (Organização Internacional do Trabalho).A ministra Dilma Rousseff (Casa Civil) é o principal nome do PT para disputar a sucessão do presidente Lula. Pesquisa CNI/Ibope divulgada na terça-feira mostra que a petista está em segundo lugar na disputa. O governador de São Paulo, José Serra (PSDB), lidera com 38% de intenções de voto, enquanto Dilma aparece com 18%.Ciro Gomes (PSB) apresenta 12%, e Heloísa Helena (PSOL), 7%.

Nenhum comentário:

Postar um comentário