18 de jan de 2010

TJDF manda Leonardo Prudente sair


O distrital Leonardo Prudente (sem partido) acaba de ser afastado da presidência da Câmara Legislativa por meio de uma liminar proferida pelo juiz Álvaro Ciarline da 2ª Vara de Fazenda Pública do Distrito Federal. A decisão da Justiça em caráter preventivo atende ao pedido da Ação Popular número 523-4 de 2010, que pedia o imediato desligamento de Prudente do comando da Câmara. O pedido usou como base uma carta assinada por Prudente na qual ele comunica o retorno às atividades de presidente da Casa a partir de 29 de dezembro. O deputado é acusado de integrar o suposto esquema de corrupção que ficou conhecido como mensalão do DEM. Ele foi flagrado em vídeo acomodando nas roupas e meias dinheiro recebido pelo ex-secretário de Relações Institucionais do GDF Durval Barbosa. Com informações do Correiweb.

Nenhum comentário:

Postar um comentário