2 de mai de 2011

Benicio fora da Câmara

Por cinco votos a um, o Tribunal Regional Eleitoral do Distrito Federal (TRE-DF) decidiu cassar o mandato do deputado distrital Benício Tavares (PMDB). O julgamento da ação por abuso de poder econômico nas eleições de 2010 ocorreu na tarde desta quinta-feira (28/4).
Na época, Benício participou de uma reunião da empresa Brasília de Segurança, de propriedade dos filhos César Lacerda. No evento, o empresário teria coagido cerca de mil funcionários presentes a votarem no então candidato. Entre as testemunhas, duas alegam terem sido demitidas por não aceitarem participar da campanha política de Benício.
A perda do mandato é imediata e deve ocorrer assim que o resultado for publicado. Além da cassação, Benício ficará inelegível por oito anos e terá que pagar multa no valor de R$ 10 mil Ufir. Ainda cabe recurso da defesa.

Nenhum comentário:

Postar um comentário