30 de nov de 2011

Brasília perde para Taipei

Brasília não vai ser a sede das olimpíadas universitárias em 2017. Taipei – capital de Taiwan, que se considera um país independente, mas que a China diz ser apenas uma província chinesa – foi a escolhida para receber a Universíades, terceira maior competição esportiva do mundo. A cidade venceu Brasília por 13 votos contra nove. Vinte e dois delegados votaram. O resultado foi anunciado em Bruxelas, na Bélgica, pela Federação Internacional de Esportes Universitários (Fisu), na presença do governador Agnelo Queiroz. O clima entre os integrantes da comitiva brasileira foi de decepção. Para o presidente da Confederação Brasileira do Desporto Universitário, Luciano Cabral, a concorrente venceu pela experiência. “A Fisu não escolhe o melhor projeto, como não tem patrocinadores busca as propostas financeiramente mais vantajosas”, analisou. O governador Agnelo Queiroz afirmou que vai propor que os recursos previstos para a Universíade sejam transferidos para o projeto de revitalização do Centro Olímpico da Universidade de Brasília (UnB). A verba reservada para a organização do mundial é de R$ 230 milhões e a reforma deve ficar em R$ 300 milhões. “Vou lutar pela emenda e completar os recursos”, afirmou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário